Terapia

Amores sem malícia proibidos de existir não morrem, apenas se transformam.

São eticamente engolidos.

Cercada por milhares de situações de desamor e algumas dezenas de desamores, é ultrajante abafar um amor livre.

Junte à receita médica a terapia e o amor empático, e veja florescer quem antes estava seco.

Esse amor não tira objetividade nem imparcialidade ou foco no tratamento, Gera confiança e cumplicidade.

O que na Idade Média não se compreendia ainda, é que o amor, até quando não deve ser, é.

E a principal descoberta dos tempos modernos: amor fraterno, literalmente, salva vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Arquivos