A vida (Escrito aos nove anos)

Nós levamos nove meses pra chegar ao mundo. Foi rápido, um de cada vez.  Tão bom quando esse tempo é bom!

Quando nós entramos no mundo tudo era quadrado, tudo era fechado, mas o mundo foi se abrindo, fomos cortando o tempo de bebê, fomos crescendo e aprendendo o que era viver, o que tinha na vida e porque não pedimos pra nascer. Fomos andando, batendo os pés, pensando, estudando, crescendo…

E um dia, um de cada vez também, fomos dizendo adeus à alegria, ao amor, à tristeza, ao azar, ao viver e saímos do mundo que era fechado e foi se abrindo, e se abriu tanto que partiu.

Fomos embora porque chegou a hora.

(Primeiro texto, escrito aos nove anos)

 

Recife, 02/04/1984

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Arquivos